Azores Fishing Logo
Azores Fishing Logo
Azores Fishing Logo Azores Fishing Logo

Descubra o Big Game Fishing nos Açores com a Azores Fishing


O que os Açores têm para oferecer?

Pesca / Mar

Depressa se entende a mística em redor do mar dos Açores. Podemos considerar um dos melhores locais do mundo para se encontrar em abundância a maioria das espécies de Big Game Fishing. É um dos melhores sítios do mundo para a prática desta modalidade e existe uma grande possibilidade de se apanhar espadins azuis, espadins brancos, atuns patudos, atuns galha á ré, atuns rabillos, tubarões mako bem como Dourados e wahoos. Contornar a costa de uma ilha é garantia de encontrar paisagens de verde a escorrer até às águas cristalinas, praias e baías desertas que convidam a uma paragem e a um mergulho.

Por outro lado os Açores são actualmente um dos maiores santuários de baleias do mundo. Entre espécies residentes e migratórias, comuns ou raras, avistam-se mais de 20 tipos diferentes de cetáceos nas suas águas. Este número corresponde a cerca de um terço do total de espécies existentes. Com a presença das majestosas baleias e de simpáticos golfinhos tornando o azul do Atlântico ainda mais mágico.

Ao nível do mergulho existem dezenas de locais para todos os tipos de mergulho. Zonas costeiras e baixas onde se contemplam magníficas grutas e arcadas submarinas. Restos de barcos naufragados, agora refúgio de lírios, meros e garoupas. Águas oceânicas profundas, habitat de grupos de jamantas que planam no azul.

O Cachalote é o mais frequente dos cetáceos que se pode observar nestas águas. Dos odontocetos (baleias com dentes) também se observam a baleia bico-de-garrafa boreal, a baleia-piloto, a orca e a baleia-de- bico-de- Sowerby. Os Golfinhos também se avistam regularmente nos mares dos Açores. Destes, o comun, o bico-de-garafa do Atlântico Norte, o de risso, o pintado  e o riscado são os mais avistados.

Na prática de snorkelling, pode ver-se uma grande variedade de espécies: cavala, peixe-porco, peixe escorpião e o peixe zebra. Ouriços-do- mar, polvos, e Estrelas-do-mar são abundantes nestas áreas. Com um pouco de sorte consegue observar-se outros habitantes destes mares como a Tartaruga marítimas, a Jamanta, o Peixe-lua, o Tubarão-martelo, o tubarão-mako e o peixe-tigre.

Golfe

Olhar em redor e não ver qualquer tipo de construção humana na linha do horizonte e encontrar só natureza, trás uma paz e um sentido mais puro à prática do golfe. A morfologia dos greens convida à caminhada, na companhia de uma explosão colorida de flores. O clima convida a jogar em qualquer estação do ano, permitindo também preservar os campos e os seus greens em excelentes condições. Na Ilha de São Miguel onde nos localizamos, contamos com dois campos (Batalha Golf Course e Furnas Golf Club).

Observação de aves

Os Açores são conhecidos internacionalmente como destino para a observação de determinadas espécies de aves. Devido à sua posição central no Oceano Atlântico, é possível observar várias espécies migratórias que ocorrem ocasionalmente nos Açores por desvios migratórios provocados principalmente por intempéries. É possível ainda observar aves marinhas que nidificam nos Açores e espécies e subespécies endémicas.

Para além do Priolo (Pyrrhula Murina), uma das aves mais raras da Europa e endémica de uma pequena zona da Ilha de São Miguel, os Açores têm também as populações de nidificação mais importantes a nível mundial de Cagarros (Calonectris diomedia borealis), e Garajau­rosado (Sterna dougallii).

Parapente

A Ilha de São Miguel é considerada por muitos como um destino de excelência para prática do parapente, com variadíssimos locais, bem como zonas de descolagem e aterragem. É possível voar durante todo o ano, mas os meses de verão afirmam­se como os melhores para a prática desta modalidade. Desde voos técnicos em cross country passando pelas crateras vulcânicas das Furnas, Lagoa do Fogo ou Sete Cidades, as praias e falésias costeiras também possibilitam voos extremamente divertidos.

Piscinas e Spas Naturais

A Ilha de São Miguel possui recursos hidrotermais reconhecidos e explorados desde há séculos, nomeadamente inúmeras nascentes de águas carbónicas naturais, cascatas e piscinas de água férrea, referenciados desde o século XVI. Destacam­se as Termas da Ferraria e as piscinas de água férrea das Furnas.

Passeios Pedestres

O Turismo da natureza é o grande cartaz dos Açores.

A grande biodiversidade existente em todas as ilhas e em especial na ilha de São Miguel, local onde nos encontramos traduz­se numa paisagem deslumbrante de cortar a respiração, ideal para a prática de passeios pedestres e outras atividades.

Gastronomia

A gastronomia Açoreana é muito rica e completa. Os pratos de peixe mais apreciados são atum, chicharros, cavala, abrótea, pargo e polvo, grelhados, fritos, guisados, assados, em caldeiradas ou em caldos de peixe, caracterizam­se pela sua frescura. Para além de lagostas, cavacos, santolas e caranguejos destacam­se crustáceos como as cracas ou lapas, tratadas com Molho Afonso, na grelha, em arroz ou açorda.

Na categoria das carnes existe uma oferta de grande qualidade tal como o bife à regional, alcatra à regional, torresmos de molho de fígado. Os enchidos acompanhados pelo inhame e ananás regional são uma excelente entrada. Uma das maiores especialidades gastronómicas da ilha de São Miguel é o cozido feito dentro de panelas enterradas no solo geotérmico.

Nas frutas e sobremesas podemos encontrar o famoso ananás dos Açores, bem como bananas e o maracujá. Dentro das diversas sobremesas destacam­se o arroz doce, o bolo lêvedo, a queijada da vila franca do campo,o bolo de massa sovada, a queijada Dona Amélia, malassadas, fofas da povoação e a queijada da Graciosa.

Existe um variado leque de bebidas, desde do vinho do cheiro, vinho branco e vinho tinto, cerveja regional, refrigerantes regionais, passando pelos licores e aguardentes que tem como base as nossas frutas. O cultivo do chá em São Miguel é valorizado por ser um produto ecológico sendo mais uma nota de exotismo na gastronomia Açorena.


Fotografias por:

José Borges
Christophe Afonso